Pular para o conteúdo

A visita da presidente

Providencial e proveitosa, sob todos os aspectos, a vinda da presidente Dilma Rousseff ao Estado no último sábado.

Mesmo que a visita tenha durado pouco tempo, ela pode conferir a dimensão da tragédia que vem assolando o Acre e Rondônia nas últimas semanas com as cheias do rios Madeira e Acre. Fugindo até um pouco ao seu estilo, foi ao encontro das famílias atingidas pela alagação para ver e ouvir o drama que está vivendo, levando o conforto e a garantia de que serão devidamente assistidas.

Aos governantes e ao povo dos dois estados garantiu que o Governo Federal não faltará com as providências para evitar o isolamento, garantindo o abastecimento de produtos essenciais e, em médio prazo, a construção sobre o Rio Madeira, uma das obras essenciais para a interligação do Acre com o país.

O que se tem a fazer agora – governantes e a classe política, de modo especial – é aproveitar dessa disposição da presidente para encaminhar e buscar, com empenho e responsabilidade, junto aos ministérios e órgãos federais os recursos necessários para suprir as necessidades imediatas e futuras de que o Estado precisa.