Aleac leva solidariedade e carinho a famílias de abrigo

 Servidores e assessores da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), com apoio de parlamentares e voluntários de diversos órgãos e entidades, cuidaram e zelaram, por quase duas semanas, de 120 famílias que estavam abrigadas na escola João Aguiar, no conjunto Manoel Julião.

O convite para assumir a coordenação do abrigo partiu do prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre e do governador Tião Viana, ao presidente do Legislativo Estadual, deputado Ney Amorim, que lançou o desafio aos servidores e assessores que, não só aceitaram como se comprometeram em fazer o melhor para acolher e cuidar bem das famílias.

“Como Poder Legislativo, decidimos nos colocar à disposição para ajudar as famílias atingidas pela cheia histórica do Rio Acre. Deputados, assessores, servidores e outros voluntários, trabalharam muito, dedicaram suas vidas, para minimizar o sofrimento de quem necessitava. Nosso objetivo maior era oferecer o que tínhamos de melhor para essas famílias”, afirmou o presidente da Aleac, Ney Amorim.

E assim fizeram. Por duas semanas,  jovens, homens e mulheres foram incansáveis no acolhimento e cuidado às famílias. Nesse período, além da atenção especial aos desabrigados, diversas atividades foram realizadas, com o objetivo de minimizar o sofrimento das famílias.

“Acima de tudo, esses foram dias de muito aprendizado para todos nós. Ajudar essas famílias nos fez crescer como pessoas e como profissionais. Aqui, os servidores, assessores e voluntários de vários órgãos e entidades, se dedicaram muito, cuidaram dos mínimos detalhes para oferecer algo de bom para quem mais precisava”, destacou uma das coordenadoras do abrigo, Janaína Marszalek.

Ela ressaltou que, além dos servidores, assessores e parlamentares, dezenas de voluntários da Prefeitura, Governo do Estado, igrejas e outras entidades ajudaram a cuidar das famílias, de seus móveis e dos animais.

Durante as duas semanas, os voluntários da Aleac e de outros órgãos, se dedicaram muito servindo as refeições e lanches, cuidando da limpeza do ambiente, brincando com as crianças, zelando pelos móveis dos desabrigados, atentos para que não faltasse água e energia, cuidando dos animais, oferecendo cuidados médicos, lutando para conseguir doações de roupas, colchões, produtos de limpeza, entre outros, oferecendo penteados, escovas, fazendo as sobrancelhas, enfim, se colocando sempre à disposição das famílias, num gesto exemplar de amor e caridade.

O gesto mereceu elogios e agradecimentos não só das famílias, como também do presidente da Mesa Diretora da Aleac, deputado Ney Amorim, que acompanhou de perto a dedicação e o empenho dos voluntários. No retorno para suas casas, que aconteceu sexta, 13, e sábado, 14, as famílias fizeram questão de abraçar os servidores e assessores, agradecendo o carinho.

“A dor de ter perdido parte de suas coisas, de ver sua casa destruída é muito grande. Mas aqui recebemos carinho, fomos bem tratados. Essas pessoas cuidaram bem demais de todos nós. Aqui nada faltou. Mas posso garantir que carinho, atenção e amor tinham de sobra”, disse emocionado Flávio Leite.

O presidente da Aleac, Ney Amorim, fez questão de agradecer e parabenizar cada servidor, assessor e voluntário pela dedicação e empenho no acolhimento e cuidado às famílias.

Assuntos desta notícia