Pular para o conteúdo

Tião Viana participa da posse de ministros e trata de liberação de recursos para habitação

Tião Viana e secretários com Daniela Carrera Marquis, representante do BID no Brasil. (Foto: Divulgação)
Tião Viana e secretários com Daniela Carrera Marquis, representante do BID no Brasil. (Foto: Divulgação)

O governador Tião Viana participou nesta segunda-feira, 5, no Palácio do Planalto, da posse dos 10 novos ministros e dos ministros que trocaram de pastas no governo da presidenta Dilma Rousseff, durante a reforma ministerial anunciada na sexta-feira da semana passada.

A reforma ministerial faz parte do ajuste fiscal que o governo da presidenta Dilma está fazendo para, junto com receitas adicionais, fechar sem déficit o Orçamento Geral da União do próximo ano.



Os novos ministros empossados foram Jaques Wagner, da Casa Civil; Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo; Marcelo Castro, da Saúde; Aloizio Mercadante e Miguel Rossetto, do Trabalho e Previdência Social.

Também foram empossados André Figueiredo, das Comunicações; Celso Pansera, da Ciência e Tecnologia; Aldo Rebelo, da Defesa; Nilma Lino, da Cidadania; e Helder Barbalho, dos Portos.

No Palácio do Planalto, Tião Viana conversou com o ministro da Pesca, Helder Barbalho, que saiu do Ministério da Pesca e Aquicultura e assume agora a pasta dos Portos, sobre a liberação de recursos destinados a consolidar o programa de piscicultura do Acre, promovendo a construção de tanques de criação de peixes para os pequenos produtores rurais do Estado.

Acompanhado do secretário de Planejamento, Márcio Veríssimo, Tião Viana também foi à Secretaria Nacional de Habitação, do Ministério das Cidades, conversar com a secretária Inês Magalhães, sobre a liberação de recursos para a conclusão do conjunto habitacional Novo Andirá, de Rio Branco.

O conjunto habitacional Novo Andirá prevê a construção casas para pessoas de baixa renda. Nos últimos anos, o governo acreano entregou mais de 11 mil casas, sendo a maioria construída na gestão de Tião Viana, durante o programa Minha Casa, Minha Vida, do governo da presidenta Dilma Rousseff.

O governador também manteve audiência com a secretária adjunta da Secretaria de Tesouro Nacional, Priscila Santana, para tratar do programa de saneamento ambiental que o Estado vai executar nos municípios isolados do Jordão, Santa Rosa, Marechal Thaumaturgo e Porto Walter.

Em audiência com Daniela Carrera Marquis, representante do Banco Interamericano no Brasil (BID), o governador e os secretários Márcio Veríssimo e Edegard de Deus (Meio Ambiente), além do subsecretário adjunto do Meio Ambiente João Paulo Mastrângelo trataram da liberação de recursos para a fase dois do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA), apoiado pelo banco para a exploração sustentável de riquezas florestais do Estado. (Romerito Aquino / Agência Acre)

error: Conteúdo protegido!!!