E os problemas se agravando

Nenhuma surpresa no parecer favorável ao impeachment da presidente da República do relator da comissão que analisa o processo, um deputadozinho desconhecido que terá alguns minutos de evidência e depois sumirá na sua mediocridade.

Na prática, esse parecer dará apenas prosseguimento ao processo que será analisado e votado pela comissão e depois ainda será submetido ao plenário da Câmara e da Câmara para o Senado.

Mas como já foi amplamente divulgado, a própria comissão não tem moral alguma para conduzir esse processo, considerando que metade ou mais de seus integrantes respondem por algum crime na Justiça. Do presidente da Casa, Eduardo Cunha, que abriu o processo nem se fala. A rigor, já deveria estar atrás das grades há muito tempo.

Ou seja, como bem observou alguém, a depender do atual Congresso Nacional para passar este país a limpo “é a mesma coisa que lavar chão com m*”, a despeito da expressão um tanto grosseira, mas verdadeira e salvando as exceções.

O que revolta e indigna a sociedade é que por conta dessa farsa toda os problemas do país vão se agravando, com a economia paralisada, o desemprego aumentando e, por consequência, a violência e a criminalidade também. Tudo muito triste e deprimente.

Assuntos desta notícia