Morador do Lar dos Vicentinos é o primeiro a ser vacinado no Acre

Sob uma salva de aplausos e um clima de muita esperança, José Marcelino de Oliveira, 85 anos, idoso residente no Lar dos Vicentinos, foi o primeiro a receber a vacina contra a Covid-19 no Acre. A cerimônia da vacinação foi realizada no auditório do Pronto-Socorro de Rio Branco, na manhã de hoje, dia 19, pouco depois de chegar o lote do Acre com as vacinas.

José Marcelino de Oliveira, 85 anos, do Lar dos Vicentinos, foi o primeiro a receber a vacina (Foto: Reprodução)

Além do senhor José Marcelino, também foram vacinadas a técnica de enfermagem Raimunda Gomes do Nascimento, de 69 anos, natural de Sena Madureira, e que trabalha na Saúde do Estado desde 1983; Maria Jose Monteiro, de 66 anos, dos quais 37 anos são de serviço no Huerb; e Elsa Severina da Silva Manchini, 49 anos, que possui 17 anos de atuação na Saúde Indígena no Estado.

Além de José Marcelino, foram imunizadas profissionais da Saúde e que atuam na Saúde Indígena (Foto: Reprodução)

A vacina foi a coronavac, que deve ser aplicada em duas doses. O enfermeiro James Nascimento Mendonça, filho da técnica em enfermagem Raimunda Gomes do Nascimento foi quem aplicou a dose da vacina na própria mãe.

Nesta fase I da campanha de vacinação serão contemplados trabalhadores da saúde, pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência (exemplo: o Lar dos Vicentinos), pessoas maiores de 18 anos com deficiência residentes em instituições inclusivas, e indígenas vivendo em terras indígenas.

Assuntos desta notícia