Deputado Roberto Duarte pede união de políticos para evitar falência de empresas

Durante sessão ordinária realizada na manhã desta terça-feira, 2, o deputado Roberto Duarte (MDB) falou sobre o Decreto n° 7.849, emitido pelo governador Gladson Cameli (PP) na noite de ontem. O documento trata da modificação para bandeira vermelha devido ao aumento de infectados pela Covid-19 no Estado. O emedebista disse estar preocupado com o impacto sobre a economia.

Roberto Duarte alega que o governador não falou que medidas pretende tomar para evitar a falência de empresas (Foto: Agência Aleac)

A fim de evitar o agravamento da pandemia e um possível colapso no Sistema de Saúde do Estado, o governo decretou o fechamento de setores tidos como não essenciais por um período de 15 dias. Roberto Duarte alega que o governador não falou que medidas pretende tomar para evitar a falência de empresas e, com isso, o aumento do número de desempregados.

“A nossa economia está muito fragilizada, não temos mais a suspensão dos contratos de trabalho, nem o auxílio emergencial. A manutenção do fechamento do comércio por 15 dias pode ser o fim de muitas empresas e muitos empregos no nosso Estado. Nós políticos precisamos achar alternativas para o momento que estamos vivendo. Não quero e nem farei nenhuma comparação com outros estados e países, mas o caos está instalado. O que será feito? Qual é a alternativa? Todos nós devemos refletir e nos unir para acharmos alternativas que salvem vidas e também a manutenção da economia e dos empregos”, concluiu. (Andressa Oliveira/ Agência Aleac)

Assuntos desta notícia