Pedro Longo afirma que governador está tomando atitude de estadista ao baixar decreto

O deputado Pedro Longo (PV) destacou o ato do governador Gladson Cameli (PP) em baixar o Decreto n° 7.849, como um gesto corajoso e necessário. Em discurso durante sessão ordinária realizada na manhã desta terça-feira, 2, o parlamentar afirmou que a história vai cobrar aqueles que se acovardaram por receio da pressão econômica.

defende que o distanciamento social é nesse momento a medida mais acertada para conter o avanço do contágio (Foto: Agência Aleac)

“Venho me manifestar, pois fiquei preocupado com os questionamentos sobre o decreto. Quero registrar que a ação do governador é acima de tudo, um ato de coragem, de quem não está preocupado com eleições, mas sim com vida. Um dia a história vai nos julgar, pela postura e a forma que nos portamos durante esse período. Tenho certeza que quando apoiamos essas medidas mais duras, talvez percamos votos, mas ficamos do lado certo da história e dormiremos com a consciência tranquila”, pontuou.

Pedro Longo falou ainda sobre as mutações que o coronavírus tem sofrido, e como isso dificulta o enfrentamento da doença e pode ocasionalmente tornar a vacina ineficaz. Ele defende que o distanciamento social é nesse momento a medida mais acertada para conter o avanço do contágio.

“Estão ocorrendo algumas mutações no coronavírus, talvez tornando até as vacinas ineficazes. Desde o início os cientistas dizem que se faz necessário o distanciamento social. Vamos adquirir vacinas sim, mas no momento o que podemos fazer é a conscientização, nosso papel é encontrar mecanismos que diminuam o sofrimento das pessoas, vez que o governo federal não se mostra aberto em voltar com o auxílio. O governador está tomando atitudes corajosas, de estadistas, e está do lado certo da história. (Andressa Oliveira/ Agência Aleac)

Assuntos desta notícia