Pular para o conteúdo
próximo triênio

Com 186 votos, Junior Damasceno é eleito Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Acre

A apuração foi divulgada no domingo, 12, e a votação ocorreu simultaneamente nos municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó, Sena Madureira, Bujari, Rio Branco, Senador Guiomard, Xapuri e Brasiléia.

“Nosso principal objetivo é continuar tentar tornar feliz a humanidade com nossos projetos filantrópicos”, diz Junior Damasceno (Foto: Arquivo pessoal)

O empresário Junior Damasceno foi eleito com 186 votos para administrar a Grande Loja Maçônica do Estado do Acre (GLEAC) pelos próximos três anos. A apuração foi divulgada no domingo, 12, e a votação ocorreu simultaneamente nos municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó, Sena Madureira, Bujari, Rio Branco, Senador Guiomard, Xapuri e Brasiléia.

De acordo como o novo Grão-Mestre, o momento é de gratidão a todos que votaram em sua Chapa intitulada HUR, que representa Humildade, União e respeito, composta também pelo vice, Eminente Grão-Mestre José Eldes.

Junior Damasceno e Eldes Teixeira conquistaram 186 votos, enquanto a chapa I, composta por Francisco Higino da Rocha Maia e Marcelo Moura de Oliveira recebeu 160 votos (Foto: Arquivo pessoal)

“Se queremos um mundo melhor, precisamos ser melhores, para ter filhos melhores e, consequentemente, netos melhores. Precisamos plantar o bem para colher o bem. Essa é uma premissa que o todo ser humano deve levar para vida para ter uma sociedade mais justa, mais igualitária e mais tolerante”, destacou.

Junior Damasceno aproveitou, ainda, para ratificar a proposta de trabalho de seu mandato, que irá trabalhar três pilares: a) valorização da tradição macônica; b) fortalecimento do trabalho social; e c) ampliação das açõs extras macônicas.

“Queremos fortalecer a nossa ordem como uma força catalisadora para um mundo melhor, queremos somar a corrente do bem; queremos dividir as responsabilidades e conquistas ; queremos multiplicar o amor e queremos diminuir a intolerância e a desigualdade social (…) toda ajuda de Família maçônica e profanos que queiram contribuir para a nossa gestão serão muito bem-vindas.”, disse Damasceno.