Adestrador de cavalos do Bope morre em acidente na BR-364

adestrador

O trecho da BR-364, na altura do km 23, próximo a Vila Albert Sampaio foi apelidado pelos moradores da região como estrada da morte.

Este ano já foram contabilizadas seis mortes trágicas por acidente de trânsito. Na manhã de ontem, o adestrador de cavalos da Divisão de Polícia Montada do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar, Rodrigo Vieira de Souza, 53 anos, atravessava a rodovia quando foi colhido por um Fiat Uno, placa MZW 7377, dirigido por Carlos Rafael Andrade do Nascimento, 23 anos, que atropelou e matou o trabalhador.

Segundo informações de  Tacimar de Lima Maciel, 23 anos, enteado da vítima, ele e mais quatro companheiros de trabalho tinham ido colher capim para os animais, e quando retornavam para o Parque de Exposições, pararam na Vila Albert Sampaio para tomar um refrigerante, quando atravessavam a estrada para pegar a picape a vítima foi colhida em cheio e lançada a alguns metros de distância já caindo sem vida na margem da rodovia.

Testemunhas informaram à polícia que o motorista do veículo trafegava em alta velocidade e ainda tentou frear, mas não conseguiu.

O impacto da batida do corpo da vítima contra o pára-brisa do carro foi tão violento que metade do corpo de Rodrigo entrou no carro.

Moradores da Vila Albert Sampaio ameaçam fecha BR 364 na próxima semana – Revoltados com o grande número de acidente no local, moradores  da Vila Albert Sampaio e parentes de vítimas ameaçam bloqueia aquele trecho da BR na próxima semana.

Segundo  a senhora Francisca Souza do Nascimento, 32 anos, o descaso das autoridades de trânsito com aquela comunidade é muito grande.

No dia 15 de fevereiro deste ano, um acidente no mesmo local do ocorrido neste sábado tirou a vida do marido e do filho de Francisca Nascimento.

“Tive minha família destruída pela imprudência de um motorista que até hoje continua impune, e vejo a cada dia um vizinho, um conhecido sendo morto como se fossem animais e ninguém toma providências”, lamentou Francisca. 

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation