Deputada denuncia fábricas abandonadas no Quinari

As iniciativas das construções das duas unidades para beneficiamento de pescado e produção de ração realizadas com dinheiro público, no final dos anos 90, resultaram em nada. A deputada Dinha Carvalho (PR), fez uma indicação, ontem, na Aleac, para que o Governo do Estado invista recursos em parceria com a prefeitura do Quinari para reativar as duas fábricas.

Ela justificou que em funcionamento as unidades de beneficiamento poderiam estar gerando cerca de 50 empregos diretos no município. “Estamos fazendo o aniversário de 10 anos que as duas fábricas montadas com equipamentos comprados com recursos em torno de R$ 450 mil estão paradas. Esse projeto foi feito para que a prefeitura e o Estado, em 1999, pudessem atuar em parceria. A partir da construção os prefeitos vieram empurrando com a barriga e a situação está na mesma. A população de Senador Guiomard está esperando porque irá gerar vários empregos. Sem contar a produção rural que vai aumentar muito e o Acre não tem nenhuma fábrica desse porte para desenvolver a piscicultura”, explicou.

Para a parlamentar o funcionamento das fábricas deverá gerar oportunidades para todo o Acre. “É um projeto que beneficia não só o Quinari, mas todo o Estado, sem contar os benefícios para os produtores rurais. Já contamos com muitos problemas na cidade e temos que arrumar uma maneira de estabelecer o homem no campo de maneira que ele possa produzir e ganhar. As fábricas estão prontas e só está faltando o incentivo do Governo para em parceria com a prefeitura entrarem em funcionamento”, finalizou.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation