Operação da polícia lacra bares e apreende menores de idade

operao
A Polícia Civil através do Núcleo de Atendimento ao menor Vítima de Violência – da Delegacia da Mulher, Agentes de Proteção do Juizado da Infância e Fiscal do Furepol , comandados pela titular do Núcleo, delegada Márdhia El-Shawa e a delegada Áurea Dener da especializada em atendimento a mulher, e o delegado Carrasco da 2ª Regional realizaram na noite de sexta-feira,4 e madrugada de sábado, 5 a “operação close the door”, que em português significa “fecha a porta”, em que lacraram três bares que funcionavam fora do horário permitido ou que estavam sem Alvará de funcionamento.

Além disso, prenderam duas pessoas, uma por falsidade ideológica e outra por desacato a autoridade e apreenderam uma menor de idade flagrada consumindo bebida alcoólica em um bar e outras três adolescentes que estavam em bares fora do horário permitido.

A operação teve início por volta das 22h de sexta-feira, 4, e encerrada as 3h da madrugada de sábado.

Segundo a delegada Márdhia El-Shawwa, o objetivo da Polícia Civil é combater a exploração sexual de menores de idade e aplicar a Lei que proíbe a presença de crianças e adolescentes em bares ou similares no período noturno.

“A presença dessas adolescentes em bares fora do horário permitido e consumindo bebida alcoólica é um incentivo à prática de crimes contra as mesmas e, sobretudo as deixa em risco. A polícia vai realizar incursões nesse sentido periodicamente com a realização de blitz, além de investigações realizadas pelo Departamento de Inteligência da Policia Civil, que vem fazendo levantamento dos locais de maior incidência da prática de prostituição infantil. Os proprietários de bares e similares que permitirem o acesso de adolescentes no recinto no período noturno ou que estejam fornecendo bebida para menores são penalizados conforme determina a Lei,” alegou a autoridade policial.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation