Gladson encerra trabalho de 2009 com mais recursos para Cruzeiro e Sena

O deputado Gladson Cameli fechou sua contabilidade parlamentar ontem em Brasília com mais duas emendas empenhadas. O trabalho foi realizado junto ao Ministério das Cidades, onde o parlamentar  conta com o apoio do ministro Márcio Fortes, seu correligionário do PP. O esforço dá continuidade a uma política, realizada desde o início do mandato, de viabilizar recursos federais a todos os municípios acreanos. Os beneficiados desta vez foram Cruzeiro do Sul e Sena Madureira. “Foi mais uma demonstração de atenção e deferimento do ministro Márcio Fortes, que, graças ao nosso empenho, sempre colocou os municípios acreanos como prioridade”, disse o deputado.

Cruzeiro do Sul será contemplado com R$ 2.500.000,00 (dois milhões de quinhentos mil reais) para serem investidos em obras de infra-estrutura, particularmente nos setores de pavimentação e recapeamento, além de calçamento. Com os recursos, o prefeito de Cruzeiro, Vagner Sales, vai poder dar seguimento a suas obras de abertura e asfaltamento de novas ruas, recuperação de vias e operação tapa-buracos, como também iniciar a construção de novos passeios públicos (calçadas). Para o deputado, com certeza, os recursos vão contribuir para dar a Cruzeiro do Sul um melhor aspecto urbano e uma melhor qualidade de vida a toda a população.

Por seu lado, o município de Sena Madureira vai poder contar com mais R$ 1.000.000,00 (hum milhão de reais) também para aplicação no setor de infra-estrutura para pavimentação e recapeamento de ruas, assim como construção de calçadas. Segundo o deputado, os recursos são essenciais para implementação e consecução por parte das prefeituras, de obras de caráter eminentemente popular, “que beneficiam de forma imediata e direta uma grande parte da população que precisa das ações de Governo”. O deputado informou ainda que pretende passar o final de ano no eixo Rio Branco-Cruzeiro. Em seguida, já no início de janeiro, deve fazer um giro por todo o Estado para uma visita a suas bases eleitorais. 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation