Pular para o conteúdo

Morreu de parada cardíaca após discutir com o filho

O comerciante aposentado Pelegrino Cristino de Souza, 78 anos, morreu de um ataque cardíaco após discutir com um filho na tarde de sexta-feira, em Sena Madureira. Ele deu entrada no Pronto-Socorro do Hospital João Câncio Fernandes por volta de 15 horas ainda com vida, mas morreu minutos depois.

De acordo com relatos de testemunhas, ele discutia com o filho identificado apenas por Jair. Até o momento não se sabe o motivo do desentendimento.

Os policiais conduziram Jair até a Unidade de Segurança Pública, onde se encontra até o presente momento.

Entre os familiares o clima era de muito desespero. Maria das Graças, mulher da vítima, chorava muito no hospital. “É uma perda irreparável para todos nós”, lamentou.

O delegado Antônio Alceste está com a responsabilidade de apurar o caso. O corpo do idoso se encontra no necrotério do Hospital João Câncio Fernandes e será liberado para o velório, que deverá ocorrer na residência onde morava, na Rua Newton Prado.

Pelegrino era muito conhecido em Sena Madureira por ser um amante do futebol e dono do antigo Mangueirão. (Agência Contilnet)