Pular para o conteúdo

Produtor é preso acusado de abusar sexualmente da enteada de dez anos

O produtor rural Aldo Ângelo dos Santos, 59 anos, foi preso na tarde de segunda-feira, 18, em uma propriedade rural no município de Bujari, distante cerca de 20 km de Rio Branco, sob acusação de abusar sexualmente de uma enteada, uma criança de 10 anos.

A prisão foi decretada pela Justiça em novembro do ano passado, mas o acusado estava foragido sendo localizado por investigadores do Núcleo de Atendimento à Criança Vítima (Nucria), da Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (Deam).

O processo contra Aldo Ângelo na Justiça tramita em segredo de Justiça. Mas segundo informações, as investigações foram comandadas pela delegada Kelcinária Mesquita, da Deam e também indiciou o acusado por crime de falsificação de documentos.

Ele foi denunciado pela mãe da criança e passou a fugir da Justiça. Após ser preso, o acusado foi indiciado e a prisão comunicada à Justiça que determinou a transferência dele para o presídio estadual onde permanecerá à disposição da Justiça.