Lula faz bateria de exames médicos em São Paulo

AAALULA
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem, após fazer exames de check-up, em São Paulo, que vai continuar sua agenda de viagens este ano, o último de seu segundo mandato. “Eu sempre digo que quem engorda o porco é o olho do dono. Se o presidente não ficar em cima cobrando, as coisas não funcionam”, afirmou Lula.

Lula disse que embora seja o último ano de mandato, não pode “deixar a peteca cair”. O presidente afirmou ainda que, até agora, seus exames demonstram que está com a saúde perfeita e creditou a crise de hipertensão que teve na última quarta à agenda de compromissos e falta de descanso. “De repente, a gente percebe que o dia só tem 24h e a agenda tem uma utilização de horários de mais de 24h”.

Ele disse que ficou preocupado com o ocorrido e com a realização de exames e comparou o organismo com um automóvel. “Toda vez que venho fazer check-up, fico preo-cupado. “Pega você (sic) e leva seu carro na concessionária achando que ele está com problema na porta direita. Aí deixa lá e você vai ver que o problema é em todo lugar”, afirmou. Lula afirmou, porém, que deve melhorar a sua dieta e a sua qualidade de vida.

O cardiologista Roberto Kalil disse que o presidente está liberado para retomar as atividades e não precisará fazer uso de nenhuma medicação. Ele recomendou apenas que Lula retome as atividades físicas que ele não pode fazer nas últimas semanas e que durma mais.

“O presidente é uma pessoa saudável, mas teve esse quadro de hipertensão mais por estafa e estresse”, afirmou o médico, que não diagnosticou hipertensão em Lula, mas apenas um pico em um momento de cansaço excessivo. (Portal Terra)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation