Prova de fogo

Elogiável a ação dos soldados do Corpo de Bombeiros no incêndio do almoxarifado do Hospital da Criança. Havia mais de 500 caixas com remédios e muitos balões de oxigênio, material combustível suficiente para um incêndio de grandes proporções.

Conseqüentemente para uma tragédia com a perda de muitas vidas. Mas graças aos bombeiros, que chegaram poucos minutos depois de serem acionados e, agiram com maestria e técnica apurada, pôde ser evitada a propagação do fogo e os danos maiores.

A ação dos bombeiros teve ainda a sintonia harmônica com o Samu, a Polícia Militar, os servidores do hospital e os próprios familiares das pacientes que ajudaram na operação. O secretário de Saúde, Osvaldo Leal e o governador, Binho Marques, acompanharam de perto todo o trabalho de resgate.

As pacientes e os bebês foram transferidos para a Maternidade do Hospital Santa Juliana em segurança. Não houve ninguém ferido apesar da gravidade do incêndio. Um verdadeiro milagre. A imagem que fica é a de um recém-nascido numa incubadora sendo carregado com todo cuidado pelos servidores públicos para um lugar seguro. Fica provado que quando os seres humanos se unem por uma causa nobre o resultado é sempre a valorização da vida.

 

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation