Juventus aplica goleada e assume a liderança do Estadual

Embalado, o AC Juventus chegou a sua segunda vitória, com direito a goleada. O Resultado positivo, diante do lanterna, a AD Vasco da Gama, garantiu, pelo menos até a rodada do próximo final de semana, a liderança do Campeonato Estadual Acreano, isso graças ao saldo de gols. Um dos gols, na vitória por 4 a 1, foi assinalada pelo “artilheiro isolado”, Marcelo Cabeção.

Quem também fez seu primeiro gol vestindo a “manta” do Juventus foi o meia Rosier, abrindo a porteira. Os outros foram anotados por Jonas e Tiago, enquanto o jovem Jerônimo voltou a marcar para o Vasco.

 O “confronto” foi marcado por 12 cartões amarelos, além de dois vermelhos  – para Luís Carlos (Vasco) e Mário Augusto (Juventus) – , no entanto o número de vermelhos poderia ter sido ainda maior por parte do árbitro Antônio Neuricláudio se tivesse visto o goleiro Felipe dar um murro (após sofrer um chute) em Firmino, o que ficou apenas no amarelo, ou na troca de agressões de Jeferson e novamente Firmino, este nem cartão acarretou.

O técnico do Juventus, Ico, elogiou a evolução de sua equipe na competição: “Temos ainda muitos adversários difíceis, mas estamos no caminho certo”. O atacante do Vasco, Rickson lamentou: “Ficou mais difícil, mas não impossível alcançar o nosso objetivo”.

Vasco vai para o interior, mais precisamente em Mâncio Lima, onde enfrenta o motivado Náuas em pleno estádio Totão, no domingo. No mesmo dia, o Juventus também estará enfrentando um adversário do interior, no estádio Nabor Júnior. O adversário será a Adesg.

Gols – Rosier faz jogada na entrada da área, limpando para o meio, chutando forte e rasteiro. O goleiro Márcio se estica todo, no entanto não evita o primeiro juventino, com sete minutos. Jonas tenta, sobra para Marcelo Cabeção emendar, ampliando para 2 a 0, com 28 minutos. No minuto seguinte o jovem Jerônimo consegue um belo chute de fora da área, descontando para o Vasco da Gama.

Começa a segunda etapa e logo aos 12 minutos o Juventus amplia. Antônio Marcos cruza da lateral, Jonas antecipa a zaga, tirando de cabeça do alcance do goleiro Márcio, deixando 3 a 1. Tiago saiu do banco de reservas para fazer números finais. Vagner ajeita e o meia emenda uma bomba sem chance de defesa, com 34 minutos, fazendo placar final: 4 a 1.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation