Aleac realiza sessão solene em homenagem à CNBB

A requerimento do deputado Thaumaturgo Lima (PT), a Assembléia Legislativa (Aleac), realizou sessão solene, ontem, 17, em homenagem a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), pela escolha do tema da Campanha da Fraternidade deste ano “Fraternidade e Economia”, cujo lema é “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”.
CNBB
O petista é autor das leis do Cooperativismo e da Economia Solidária no Estado do Acre e acredita que a campanha da CNBB pode ajudar a difundir um de economia que passe, necessariamente pela solidariedade e a dignidade da pessoa humana.

O bispo da Diocese de Rio Branco, Dom Joaquín Pertiñez, ressaltou que a Campanha da Fraternidade de 2010 é ecumênica, estando aberta a todas as denominações cristãs. Segundo ele, o objetivo é promover uma economia a serviço da vida, fundamentada no ideal da cultura da paz, a partir do esforço conjunto das Igrejas Cristãs e de pessoas de boa vontade, para que todos contribuam na construção do bem comum em vista de uma so-ciedade sem exclusão.

A CNBB acredita que a campanha vai ajudar a igreja e vá-rias outras instituições a reconhecer que as omissões diante das injustiças que causam exclusão social e miséria. “O ser humano deve sempre está no centro de qualquer discussão e na frente de qualquer propósito, é essa mensagem que nós trazemos aos deputados no dia de hoje”, disse Dom Joaquín.

Além do Bispo da Diocese de Rio Branco, várias outras autoridades foram chamadas a compor o debate, como o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Pedro Ranzi; a secretária de Estado de Assistência Social, Laura Okamura e a gerente de Apoio ao Empreendedorismo da Coordenadoria Municipal da Mulher, Elisângela Pontes.

Elisângela falou sobre o trabalho que vem sendo realizado pelo município de Rio Branco no apoio a mulheres de baixa renda e em situação de risco, como incentivo a superação dos problemas que as afligem.

O trabalho é realizado em grupo. Através de cursos profissionalizantes e de capacitação as mulheres são incentivadas a gerir a própria renda, seja através de pequenas empresas ou mesmo do cooperativismo. Pelo menos 70 grupos de mulheres já foram formados pelo município, a meta é formar um a cada ano.

Feira Solidária
Pequenos produtores que apostam na economia solidária aproveitaram à realização solene para expor seus negócios. Uma pequena feira foi organizada na entrada da sede do Poder Legislativo. Um dos expositores era o Luiz Boxlam, do município de Senador Guiomard. Ele é responsável pela produção de pelo menos 32 remédios a base de ervas naturais. Um deles é o “Nem” – extrato da floresta capaz de combater até o mosquito da dengue. 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation