Outra reforma

O governo entregou ontem totalmente reformada a Maternidade Bárbara Heliodora. Cabe agora à Secretaria de Saúde, a direção da entidade e funcionários fazerem outra reforma tão ou mais importante: a da conservação das novas instalações e sobretudo na qualidade no atendimento.

Irrigado por um volume de recursos nunca dantes carreado para este Estado, o governo vem fazendo a sua parte, construindo e reformando unidades de Saúde, escolas e outras obras importantes.

O que não se percebeu ainda é a melhoria da qualidade no atendimento e isso precisa ser cobrado daqueles que são pagos para prestar serviço público à população. Aliás, o que se observa é que os servidores estão cada vez mais exigentes em cobrar melhorias em seus vencimentos, sem oferecerem a contrapartida em serviços de qualidade.

Nada a opor que façam suas reivindicações. Porém, a sociedade tem também o direito de cobrar-lhes um serviço mais eficaz e não é o que se vê nos postos de Saúde, nos hospitais e outras repartições públicas.

O próprio governo, através de secretários e gestores, precisa também fazer essa cobrança, sem receios ou pruridos eleitoreiros. Só assim o dinheiro público estará sendo bem empregado.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation