Criadores de peixe terão seu dia no Ceasa

Durante o período da Semana Santa, a Central de Abastecimento de Rio Branco – Ceasa/RB – comercia-lizou mais de 17 mil quilos de peixe em apenas três dias. O sucesso foi tão grande que a direção do Ceasa e os piscicultores (criadores de peixes) estabeleceram a última sexta-feira e o sábado do mês como o Dia do Peixe.

O horário de comercialização é às 7h desta sexta-feira, dia 30, porém a diretoria da Central garante que já a partir das 3h30 os comerciantes de peixes terão a venda os mais de 3 mil quilos que serão comercializados neste final de semana. “Isso tudo é uma experiência, para averiguar a movimentação, mas se for necessário teremos uma equipe de sobreaviso para buscar mais”, disse Sérgio Roberto Lopes, diretor presidente do Ceasa/RB.

O maior diferencial que deverão atrair os consumidores finais e até mesmo comerciantes é o preço. “A maioria dos peixes serão comercializado a R$ 6,00, mas é claro que teremos também alguns de couro que devem custar um pouco mais. O que importa é que os preços serão acessíveis”, lembrou o dirigente.

A Ceasa irá utilizar nesta primeira edição do Dia do Peixe um grande criador e outros três produtores familiares de uma colônia de pescadores da Capital. “Isso pode aumentar, conforme for estabelecido o costume com os consumidores”, garantiu Sérgio. Os peixes que serão comercializados são: piau, tambaqui, pirapitinga, matrinchã, curimatã e pacu-caranha.

Para quem quiser comprar o horário de funcionamento da Ceasa é das 3h30 às 17h (sexta-feira) e das 3h30 às 12h (sábado). “Lembrando que quem chegar na Ceasa terá estacionamento amplo, segurança, praça de alimentação”, adiantou. “A Ceasa fica localizada na parada final do ônibus do Sobral, Floresta, Amapá, Transacreana e o Colégio Agrícola, próximo da 3ª ponte”, explicou. (Assessoria)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation