Governo entrega maternidade completamente reconstruída

“O Governo do Acre reconstruiu a Maternidade Bárbara Heliodora para que os novos acreanos possam chegar sempre sob o amor de suas mães e o cuidado das gerações que os recebem”. Com esta frase – gravada em placa de bronze – o governador Binho Marques (PT) inaugurou na manhã de ontem, em Rio Branco, a Maternidade e Clínica de Mulheres Bárbara Heliodora.
Binha-entrega-maternidade
O prédio, datado de 1949, passou por uma completa reconstrução para que ficasse de acordo com a Lei Federal 11.108/2005, que garante às parturientes o direito à presença de acompanhante durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS.

Os gastos com infraestrutura e equipamentos somam R$ 8 milhões 967 mil, oriundos de fonte própria e convênios com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird).

Além de mais conforto térmico – a partir da climatização de todos os ambientes – a obra ampliou de 74 para 106 o número de leitos disponíveis. As Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal saltaram de 4 para 10 e das de Cuidados Intermediários (UCI) saltaram de 10 para 30. Também foram implantadas 10 leitos de UTI pediátrica.

“Aqui não vai ser só o melhor lugar para se viver, vai ser também o melhor lugar para nascer”, disse emocionada a diretora da Maternidade, Lorena Seguel. Segundo ela, o retorno das pacientes que ainda se encontram no Hospital Santa Juliana, em virtude do incêndio do Hospital Infantil, irá acontecer a partir da próxima segunda-feira, quando a estrutura começa a funcionar de fato.

Para poder tocar a nova estrutura o governo teve que reforçar a equipe de profissionais. Além dos 350 funcionários pertencentes ao quatro foram contratados outros 380. Todos passaram por processo de capacitação, principalmente no tocante à humanização do atendimento, meta a ser atingida a partir de agora.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Osvaldo Leal, a obra de reconstrução da maternidade está inserida no projeto de Atenção Integrada à Saúde da Mulher e da Criança, iniciado no ano de 1999 pelo governo da Frente Popular.

Outras obras ligadas ao sistema de Saúde devem ser entregues até o final do ano em outros municípios acreanos, como o Hospital Materno Infantil de Cruzeiro do Sul, em fase de conclusão.

“Tive o privilégio de nascer aqui nesta maternidade”, confidenciou o prefeito Raimundo Angelim (PT) durante o seu discurso. Angelim fez questão de lembrar o nome de profissionais que contribuíram para o fortalecimento da Saúde no Estado, como Ary Rodrigues e Augusto Hidalgo de Lima – ambos já falecidos.
Para o governador Binho Marques, a obra é o resultado de um trabalho coletivo.  “Nós estamos aqui retomando algo que ficou perdido. O nosso governo não veio apenas para uma disputa de poder ou para inaugurar obras eleitoreiras, fazemos parte de um movimento que luta, incansavelmente, por justiça social”, frisou.

Neto de Guiomard dos Santos faz discurso
O engenheiro Lauro Santos – neto do governador Guiomard dos Santos – fez um breve relato sobre as obras do avô. A obra, segundo ele, ganhou o nome de Bárbara Heliodora, não apenas em homenagem a Heroína da Inconfidência Mineira, mas também à mãe de Guiomard, Dona Bárbara. “É bom saber que essa maternidade não tem um valor simbólico apenas para a minha família, mas para todas as famílias do Acre”, disse. Ele anunciou ainda que quando sua esposa estiver grávida, a criança irá nascer na maternidade pública e se for mulher se chamará Bárbara.

Escultura gordinha vira atração
Uma escultura gordinha da artista plástica baiana Eliana Kertsz, batizada de Vida, foi a grande sensação durante a solenidade de inauguração da Maternidade Bárbara Heliodora. A inauguração do monumento, colocado na praça da clínica de mulheres, abriu a programação.

Kertsz é uma das mais importantes escultoras brasileiras da atualidade. Com mais de 10 anos de carreira partindo do contraponto da estética moderna e criando as charmosas “Gordas”.

A artista se posiciona e se firma no cenário artístico pela força criativa e principalmente pela coerência de uma estética própria, que empresta significação e identidade a cada uma das personagens que desenvolve, sempre de formas arredondadas.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation