Mais de 500 quilômetros de ramais devem ser recuperados neste ano

Representantes de mais de 70 associações de produtores rurais, sindicatos de trabalhadores rurais, dirigentes de cooperativas e lideranças comunitárias, discutiram por todo o dia de ontem no auditório da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Acre (Fetacre), o planejamento e execução do programa de asfaltamento e recuperação de ramais da Capital, uma parceria da Prefeitura de Rio Branco, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Floresta (Safra), Governo do Estado e Incra.
Ramais
A expectativa é de que este ano sejam recuperados 500 quilômetros de ramais com recursos do Governo Federal – cerca de R$ 10 milhões – priorizando os ramais mais produtivos e de maior densidade populacional. Além disso, serão concluídas as obras de recuperação de 220 km de ramais que deveriam ter sido executadas em 2009, paralisadas por causa das fortes chuvas do inverno.

Na reunião, os representantes dos movimentos sociais elegem as obras prioritárias a serem executadas pelo Governo do Estado através do Deracre. Obras que vêm sendo gerenciadas pelo governo municipal na ação de melhoria de 500 km de ramais a cada ano.

Com a implantação da Ceasa e do sistema de abastecimento e comercialização, a recuperação dos ramais ganha maior importância, pois constitui numa intervenção de fomento às cadeias produtivas de alimentos de larga repercussão na produção, abrangendo toda área rural do município.

O presidente do Simpasa, Raimundo Souza, destacou a importância do debate dos governos estadual e municipal com o setor produtivo. “Desde 1999 temos realizado esse debate que é fundamental para o fortalecimento da cadeia produtiva no Acre e, principalmente em Rio Branco, facilitando o escoamento da produção”, explicou. (Ascom PMRB)

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation