É grave

A notícia de que a polícia trocou tiros com traficantes em bairros da Capital só vem comprovar o que se vê a cada dia, que o tráfico de drogas vem crescendo rapidamente na cidade. O que também não é nenhuma surpresa até mesmo pela quantidade de drogas que entra no Acre, por meio da fronteira.

Neste caso da troca de tiros, os traficantes haviam mandado recado para polícia, alertando que se tentassem invadir a área do bairro Pre-ventório seriam recebidos a bala e foi o que aconteceu, o que mostra a ousadia dos bandidos. É claro que a polícia não deve se intimidar com as ameaças e continuar com o trabalho de repressão.

Apesar de ser muito difícil controlar o seu avanço, a polícia tem em mãos, uma espécie de mapa dos principais pontos de venda de drogas na Capital, o que é uma ferramenta muito importante.

O que preocupa também são estes traficantes tomarem conta do pedaço, se já não o tiverem feito, como vemos nas favelas do Rio de Janeiro, coagindo os moradores e estabelecendo toques de recolher. Aqui, é grande o número de pessoas mortas vítimas do tráfico. Nos bairros, impera a lei do silêncio.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation