Pesquisa quer avaliar o índice de satisfação de servidores públicos

Termina hoje o prazo para que os servidores da Secretaria de Gestão Administrativa respondam à Pesquisa de Clima Organizacional, proposta com a intenção de iniciar uma sondagem sobre o nível de satisfação interna dos trabalhadores. Idealizada como um projeto-piloto para obter dados de referência que possam ser utilizados em análises semelhantes em outros órgãos públicos, a pesquisa deverá nortear as ações de humanização cria-das pelo Governo do Estado para melhorar a qualidade das relações pessoais no ambiente de trabalho. O objetivo é aprimorar os serviços prestados à população e fornecer subsídios para a formatação do Plano Esta-dual de Humanização.

“É um marco zero. Não tínhamos referencial para medir o impacto causado por nossas ações”, explica a secretária adjunta de Humanização, Francis Mary Lima, reconhecendo que a intenção era ter aplicado este questionário no início da gestão, no mês de janeiro. “Talvez esta pesquisa já venha com um resultado contagiado pelas atividades desenvolvidas nestes primeiros meses. Atividades que foram criadas para proporcionar qualidade de vida e das relações interpessoais no trabalho e mais saúde”, diz se referindo às aulas de ioga promovidas duas vezes por semana, à ginástica laboral, às campanhas de voluntariado e de valorização do servidor e às sessões de cinema realizadas por meio do projeto Cine Servidor.         

Esta primeira pesquisa terá acesso a opinião de 500 servidores aproximadamente. A secretaria não decidiu se irá divulgá-la. Outros órgãos já desenvolvem projetos de humanização dirigidos aos servidores. Os dados são acessados por todos os gestores através da Rede Estadual de Humanização da Gestão Pública. Nesta fase, a SGA realiza monitoramento dos projetos oferecendo suporte técnico e orientações. Em fase de implantação está a Campanha do Voluntariado, cujo propósito é formatar a Central de Solidariedade ao Servidor Público que deverá oferecer, entre outros serviços, atendimento psicológico a este público.

Outra campanha que será desenvolvida quer estimular os gestores a praticarem atos que melhorem a autoestima do trabalhador com elogios aos bons serviços prestados, agradecimentos, festas em datas comemorativas. “Um simples bom dia faz a diferença. Estamos mexendo com uma cultura organizacional arraigada. Sabemos que os resultados não virão a curto prazo. Nosso foco é o servidor, mas temos consciência de que, se ele está feliz, satisfeito no ambiente de trabalho, o atendimento ao usuário tende a melhorar”, avalia a secretária. A equipe de Humanização da SGA orienta os servidores no preenchimento da pesquisa que pode ser respondida também pela internet no blog http://humanizaacre.blogspot.com.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation