A necessária Reforma Política

Com as aprovações dos orçamentos do Estado e da Capital os trabalhos legislativos se encerraram no Acre.

Foi um ano muito produtivo para a Aleac que consolidou a aproximação política com o interior e abriu as portas à integração com os países vizinhos Peru e Bolívia.

A Casa Legislativa participou de todos os temas suscitados pela população que precisou de apoio parlamentar. Negociações salariais com o Governo, greves, proteção aos cidadãos no exterior, ampliação comercial e empresarial, entre outras demandas sociais. Nunca se viu na história do Estado uma legislatura tão presente aos apelos da população.

Pena que o mesmo não ocorreu na Câmara de Vereadores de Rio Branco. A produção dos vereadores ficou bem abaixo dos deputados estaduais. Pelo menos não fizeram chegar ao grande público os debates essenciais para resolver os problemas sociais e de infra-estrutura que a Capital ainda enfrenta.

Um dos motivos para a baixa produção talvez seja o fato de a maioria dos vereadores serem candidatos nas próximas eleições. É urgente uma reforma política no Brasil para que os políticos sejam eleitos aos cargos que pretendam exercer até o final. Assim representarem com dignidade os seus eleitores e não usarem oportunamente as eleições como trampolim para ambições maiores.     

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation