Conselho Estadual de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia discute reestruturação

eufran
Secretário de Meio Ambiente, Eufran Amaral, durante encontro do Conselho

O Conselho Estadual de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia fez sua última reunião do ano na semana passada, no Horto Florestal. O quórum discutiu o processo de reestruturação do conselho, que é a estrutura que formula, aprova, supervisiona e avalia as políticas públicas para essa área. Medidas que são necessárias para o desenvolvimento sustentável do Estado.

As instituições representadas eram a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Instituto de Meio Ambiente, Ministério Público, Embrapa, SOS Amazônia, Federação das Indústrias, IUCN, Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar, Fecomércio, Rede Acreana de Mulheres e Homens e Fundação de Tecnologia do Estado do Acre.

“A reestruturação é uma estratégia para o fortalecimento do conselho, para que tenhamos qualificação das participações e melhor planejamento. E também que seja consolidado o nosso regimento interno”, afirma a Secretária Executiva do Cemact, Raimunda Rufino. O CEMACT atua na análise de concessão de recursos públicos para programas de pesquisa e formação de recursos humanos para o meio ambiente, ciência e tecnologia em entidades públicas e privadas.

O Cemact está presente em decisões importantes, como foi nas audiências para a proibição do fogo, na discussão sobre as perspectivas do mercado de carbono, estruturação de iniciativas relativas ao uso de agrotóxicos no estado. O Acre também é o único que possui uma câmara técnica de recursos hídricos, ligada ao Conselho. (Texto e foto: Agência de Notícias do Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation