Orçamento de 3,6 bilhões será votado hoje

Durante audiência pública, ontem, no auditório da Aleac, os secretários Gilberto Siqueira, do Planejamento e Mâncio Cordeiro, da Fazenda, apresentaram o orçamento do Estado para 2010. Entre recursos próprios, do Governo Federal e outros oriundos de crédito o Acre terá R$ 3 bilhões e 600 mil, em 2010. Os deputados estaduais votarão hoje esse orçamento. Segundo o presidente da Aleac, deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), o debate da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) já aconteceu em julho e não deverá haver problemas para a sua aprovação.

Gilberto Siqueira explicou que graças ao bom gerenciamento dos recursos públicos o Estado está em ascendência no seu crescimento econômico. Mas destacou que ainda é preciso muitos investimentos para que a iniciativa privada tenha maior participação na economia do que a estatal. Siqueira também salientou que as críticas da oposição parlamentar, na Aleac, em relação aos empréstimos contraídos pelo Acre não procedem. “Nós temos a capacidade de endividamento de R$ 4 bilhões e não chegamos nem a R$ 1 bilhão e 800 mil. A população pode ficar tranqüila porque os recursos estão sendo empregados de maneira correta sem nos comprometer com a Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirmou. 

Já Mâncio Cordeiro preferiu destacar o crescimento das receitas próprias do Estado advindas do crescimento das atividades econômicas privadas, em 2009. Segundo ele, apesar da crise financeira internacional e a diminuição de recursos federais o Acre conseguiu manter o seu crescimento. O secretário da Fazenda, explicou ainda que no próximo ano a tendência é ser registrado um crescimento ainda maior da economia interna do Estado.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation