Partida de futebol termina em morte no Caladinho

A disputa em uma partida de futebol passou dos limites e resultou na morte do jovem Antônio José França de Souza, 19 anos, o ‘Sapinho’. O crime aconteceu na noite de quinta, 21, em um campo de várzea do Caladinho, periferia de Rio Branco. De acordo com a polícia, a morte de ‘Sapinho’ se deu num desentendimento entre a vítima e o acusado, identificado pelo nome de ‘Mauro’, durante a ‘pelada’.
Caladinho23
Antônio França foi atingido com várias facadas. Mesmo ferido, ele ainda conseguiu correr mais de 500m. Mas não foi suficiente, pois caiu a cerca de 5m de distância da casa onde pretendia pedir ajuda. O Samu foi acionado. Só que, ao chegar ao local, a vítima já havia morrido.

Policiais do grupo tático do 5º Batalhão prenderam em flagrante Mauriclebson Oliveira de Souza, 19 anos, morador do bairro Cadeia Velha. Ele é acusado de matar a facadas Antônio José França de Souza ‘Sapinho’. De acordo com a polícia, Mauri-clebson Oliveira, ‘Mauro’. foi preso no Cadeia Velha. Ele fugiu para lá após cometer o crime. Conduzido à Defla da 5ª Regional, Mauro confessou o crime, alegando legítima defesa.

Na noite anterior, Sapinho conseguiu ‘driblar’ cerco policial – Segundo policiais, na noite de quarta, 20, a vítima Antônio José França de Souza teria se envolvido numa ocorrência policial. Ele teria entregado 1 escopeta a um comparsa (que foi preso pela polícia e confessou o crime), na intenção de matar um desafeto. Na tarde de quinta, 21, a polícia descobriu que ‘Sapinho’ estaria circulando no bairro e tentou prendê-lo. Mas, pela 2ª vez, ele conseguiu fugir antes de a polícia chegar. Depois, foi assistir a última partida de futebol da sua vida.

Segundo informações, José França ‘Sapinho’ já tinha passagem pela polícia e era considerado extremamente violento e temido pelos moradores do Jorge Lavocat, Montanhês, Tancredo Neves e Caladinho, onde morava.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation