Pular para o conteúdo
Veja o vídeo

Como se proteger durante as tempestades? Confira as orientações da Defesa Civil de Rio Branco

Com previsão de outros vendavais, Major Falcão orienta o que não fazer durante essas chuvas

As quatro fortes chuvas que atingiram Rio Branco no último mês de setembro deixaram rastros por pelo menos 20 bairros da capital. Com mais de 80 árvores caídas, destelhamentos, fiações danificadas e até uma torre de telefone derrubada, os eventos foram considerados atípicos pela Defesa Civil Municipal por ocorrerem dentro de um pequeno intervalo de tempo. Com a previsão de outras tempestades até meados de outubro, a pedido do site A Gazeta do Acre, o Major Falcão orientou os principais cuidados que deve-se tomar durante um vendaval.

O coordenador do órgão explica que são dicas para tentar diminuir os riscos durante as chuvas, apesar de não haver nenhum registro de atendimento médico por conta dos acidentes no último mês. “É mais fácil falar o que não fazer do que falar o que fazer”, comenta.

Quando estiver na rua

-Jamais tente se abrigar perto de árvores, pois elas atraem descargas atmosféricas podendo cair e causar acidentes;

-Não se abrigar em paradas de ônibus;

-Não ficar embaixo de fiações elétricas, que podem entrar em curto circuito;

-Não ficar em campos de futebol ou piscinas;

-Caso esteja dirigindo, tanto carro quanto motocicleta, não é aconselhado buscar abrigo em postos de combustível, pois são espaços abertos, com coberturas frágeis que podem cair com rajadas de vento;

Dentro de casa

Primeiramente, a Defesa Civil reforça que os melhores abrigos durante as tempestades são prédios, pois muitos possuem para raios, além da própria casa. Veja também o que não fazer quando estiver abrigado

-É aconselhado não utilizar aparelhos eletrônicos durante a chuva e até desliga-los. Como computadores, celulares e telefones com fio;

-Não ficar perto de janelas com vidro;

Major Falcão recorda que esses tipos de chuva duram entre 40 minutos a 1 hora, no máximo. “Então é possível manter a calma e ficar tranquilo”, afirma.

Chuvas de setembro

Durante o mês de setembro deste ano, os moradores de Rio Branco presenciaram uma sequência de tempestades fora do comum. Foram quatro fortes chuvas, com ventos de até 78km por hora, que causaram grandes danos pela cidade. A Defesa Civil Municipal analisa os eventos como atípicos, tendo em vista o curto intervalo de tempo entre eles, alerta para próximas tempestades semelhantes ou piores, nos próximos dias, e aponta as ações humanas como a principal causa. A primeira grande tempestade do ano, na capital, aconteceu em 11 de junho, mas, em setembro, as chuvas ocorreram nos dias 6, 9, 21 e 24.

Leia mais em: Defesa Civil avalia tempestades de setembro como ‘atípicas’ e alerta para eventos climáticos piores, nos próximos dias