Valendo para todas

Agora é oficial: a Petrobras confirmou que já repassou a todos os seus terminais e bases a redução de R$ 0,08 por litro de gasolina. Com isso, seus postos manterão os preços anteriores ou até reduzirão.

O que, necessariamente, deveria valer a todas as distribuidoras. Com isso não se justificariam mais os aumentos abu-sivos registrados.

Mesmo em meio à folia carnavalesca que já tomou conta do país, essa questão é de suma importância. Como se tem dito e repetido, aumentos nos preços dos combustíveis gerariam inflação e com a inflação o aumento em cadeia nos preços de outros produtos de primeira necessidade, como alimentos e serviços.

Evidentemente que a volta da inflação, mesmo que fosse mínima, não é boa para o país, para a socie-dade. Quem pagaria a conta se-riam os trabalhadores e as camadas da população mais pobre.

No caso do Acre, as conseqüências seriam ainda mais desastrosas, considerando que o Estado ainda ‘importa’ grande parte do que consome e o aumento no frete seria repassado para os consumidores.

Manter ou até mesmo baixar o preço dos combustíveis é uma obrigação de todas as distribuidoras. Devem ser cobradas por isso pelos órgãos de fiscalização e a sociedade.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation